Êêêê, pé esquerdo!!!
É. Tem dias em que as coisas parecem simplesmente darem errado.

Levanto-me pela manhã, atrasada (o despertador foi desligado violentamente algumas horas antes), já com aquele humor questionável e perigoso. Desço as escadas. Logo, percebo que a maré de mau humor é geral, na casa. Começo a ler Cidade do Sol (o tema afeta mais do que afetaria normalmente). Quarenta e cinco minutos depois, tomo um banho para relaxar e vou me vestir. Depois de uma longa luta para decidir que roupa colocar, almoço em 10 minutos e levanto-me da mesa para arrumar minhas coisas e pegar o ônibus das 13h05min, que passa quase em frente à minha casa.

Pois bem. Eis que lá estou eu, saindo do portão às 13h04min, quando vejo o maldito vindo ao longe (mas nem tão longe assim), no começo da rua transversal. Oh não! Começo a correr e fazer sinais para o motorista parar, e ele passa por mim (me olhando no fundo dos olhos e certamente pensando "não darei carona à essa louca"). Perco o ônibus.

Fico parada na esquina respirando pesado. De repente, me lembro... nem tudo está acabado! Posso caminhar algumas quadras e pegá-lo na parada em frente à prefeitura. Começo a caminhar quando minha sandália arrebenta. Com aquela expressão furiosa de personagem de desenho animado (veja a foto ao lado para uma melhor compreensão), começo a caminhar de volta para casa. Ok. Vou pegar o ônibus das 13h30min.

Chego em casa; minha mãe me olha com uma expressão preocupada. Eu apenas levanto uma mão, como que dizendo "nem pergunte". Subo as escadas, com as pernas doloridas de correr. Aproveito para colocar uma roupa mais fresca, porque lá fora estava fazendo nada mais nada menos do que 34ºC (e o sol a pino).

Volto para a parada e me sento. Aproveito para ler um texto para a aula da faculdade... mas eis que minha cabeça simplesmente não consegue se concentrar. Fecho o livro e os olhos. E se não fosse pela gentil senhora sentada ao meu lado, teria perdido o ônibus novamente.

(Mulheres que adivinharam: sim, estou na TPM)

E vejam bem... acordei com o pé direito, hoje pela manhã. Imaginem se tivesse sido o outro...
9 Responses
  1. Aline Says:

    Hahaha! Tem dias que a gente simplesmente se pergunta "por que eu saí da cama hoje?".


  2. Guinei Says:

    Se tu tivesse levantado com o outro pé - o esquerdo - não terias passado por todos estes problemas...hehehehe!!!Brincadeirinha!É que acordo todo o dia com o pé esquerdo e dificilmente algo dá errado!
    Até!Abraço!


  3. Patrícia Says:

    Já tive dias assim, no final sempre acabo rindo deles, não tem outra opção mesmo!

    =)


  4. Lilian Pavan Says:

    rsrsr.... tem dias que nada está a nosso favor.

    O melhor seria nem sair da cama.


  5. Bruna Says:

    eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeita nóóóiss!!


    eu sei bem como é isso!!


    bom, a gente saabe!!!


    e tbm estou na tpm!!!
    =/


  6. Olá,

    peguei seu endereço no blog da minha amiga Lidi (São Palavras ao Vento)

    Convido vc e seus coleguinhas de curso que passam por aqui a opinar no último post do meu blog: josuabarroso.blogspot.com

    Post: PROFISSÃO JORNALISTA

    Estamos desenvolvendo a reportagem principal do Jornal Revelação (laboratório do curso que circula na cidade toda - Uberaba) o tema é a discussão da profissão de jornalista.

    Contribua e convide os seus a contribuirem, não apenas com o blog, mas com a NOSSA PROFISSÃO.

    Afetuosos Abraços e Obrigado.


  7. Deni Says:

    TPM nããããããããoooooooooooooooooooooooooo
    asioasjioajsioas
    mas poxa.
    atrasamento é uma merda.
    e quando vc pega varios faróis em vermelho ??.
    e piro.
    quando vc só se atrasa
    e chega no compromisso ele foi adiado ou naum era nakele dia
    kkkkkkkkk
    ai a TPM vira
    tensão pré morte.

    [sim, ela vai matar 1]


    brigadaço por passar no meu blog viow.
    sempre será recíproca as visitas..
    e sempre q atualizo..eu aviso [como faço agora]

    então pode passar lá q atualizei e será bm vind lá.
    viow ?
    abraço e até maiSs


  8. Que bom que tudo passa! =)


  9. esse livro ée ótimmoo *.*
    muito lindoo , jah li

    bejoos


Postar um comentário

Comenta, vai!