Mamma mia!
Musicais normalmente me aborrecem, salvo algumas maravilhosas exceções como Moulin Rouge, por exemplo. Mas tenho de admitir: Mamma mia. Que filme!
O enredo, em si, não tem nada de inovador. A noiva Sophie (Amanda Seyfried) tenta encontrar seu verdadeiro pai para levá-la ao altar, e convida três possíveis homens, com quem sua mãe, Donna (Meryl Streep), relacionou-se mais ao menos ao mesmo tempo, quando jovem. Uma história (relativamente) simples, mas que funcionou e combinou perfeitamente com a proposta do filme. Afora algumas ideologias mal-colocadas, não me importei, pois o que me impressionou não foi o roteiro em si, mas os atores e as suas versões para as músicas do grupo sueco ABBA, cujo trabalho compõe a trilha sonora do filme.
Baseado no musical da Brodway de mesmo nome, Mamma Mia, de 2008, diverte do início ao fim. Pelo menos para quem gosta de ABBA e não se importa com o fato do filme ser obviamente direcionado ao público feminino. O elenco foi muito bem selecionado. Amanda Seyfried (Sophie) encarnou o papel, e tem uma voz surpreendentemente bonita.
Agora, o que realmente me deixou de queixo caído foi Meryl Streep. Sempre admirei o trabalho dela, em filmes como As Horas e O Diabo Veste Prada. Mas ela soube provar que atuar não é seu único talento. Durante todo o filme, ela cantou músicas como "Dancing Queen" , "Super Trouper" e "Mamma Mia". E eu pensando "Mas olha só! Até que ela tem uma voz legal!". Agora, quando chegou a hora do tão esperado casamento, Sam Carmichael, a quem Donna realmente havia amado, a confrontou, tentando a lembrar dos tempos em que namoravam. Meryl, então, começou a entoar "I don't wanna talk; about the things we've gone through (Não quero conversar sobre as coisas pelas quais passamos)", início da famosa música "The Winner Takes it All". E não há outra expressão: Meryl definitivamente matou a pau. Cantou e atuou com uma emoção tocante. Não só tirei o chapéu, mas tive vontade de jogá-lo aos ventos da ilha grega onde o filme foi rodado.
Segue o trecho do que, na minha opinião, foi a melhor cena do filme.


Se tiverem um tempinho, dêem uma conferida no filme. Para quem gostava de ABBA e quer dar boas risadas e se emocionar um pouco, o musical é tiro e queda.
Marcadores: , , edit post
14 Responses
  1. Deve ser bom \o\
    Adoro essa atriz (:


  2. Eu adoro a Meryl Streep, é a minha atriz preferida :) completamente!

    Beijo meu ♥,

    A Elite


  3. Parece bom.
    Vou conferir certamente ;)

    beijo


  4. Bruna Says:

    Bom...nada a ver mesmo o que eu vou dizer mas...
    lendo esse post lembrei do clip maravilhoso anos -50 que olhamos semana retrasada aqui na Agecom!!

    :O


  5. Raquel Says:

    Bahh!

    "Cause these boots are made for walkin'... that is what they do... AND ONE OF THESE DAYS THESE BOOTS ARE GONNA WALK ALL OVER YOU!"

    ehehehehehe


  6. Camila :) Says:

    legaal :0
    olhaa to de blog novinhuu,devido a uns problemas no outro.
    Passando rapido(porem eu li viu?)!

    bejooo


  7. Cadinho RoCo Says:

    Não assisti o filme, mas fico empolgado com sua publicação.
    Cadinho RoCo


  8. Quase Trinta Says:

    Já perdi a conta de qts blogs li que tinham elogios ao filme.
    Como vc não sou fã de musicais mas vou acabar me rendendo e indo conferir esse.


  9. Raquel Says:

    É bem legal mesmo, vale a pena dar uma conferida!!!


  10. Eu ADORO filmes,e musicais também.
    Nunca assisti Mamma Mia,mais na primeira chace que tiver vou ver.
    Bjs


  11. iara-alencar Says:

    acho que eu nunca vi um musical.
    filme pra mim tem que ter bala.



  12. Teilor Says:

    Até eu que não sou muito fã de "filmes de mulherzinha" com o perdão da expressão, adorei a atuação da Meryl Streep n'O Diabo veste Prada.

    Não olhei o filme nem sei porque tu gostou tanto daquela cena e especifico, mas acho que eu estou meio insensível. A única coisa que eu notei foi o James Bond.


  13. Raquel Says:

    Delirios de mulher, pode conferir! Acho que vais gostar.

    iara-alencar, também gosto de filmes de ação, mas esse musical aí arrasa. =D

    Daniela, obrigada!

    E Teilor... bom, por mais que o James Bond tenha me chamado a atenção também, em primeiro lugar gostei da atuação da Meryl. Ela coloca uma emoção fantástica.


Postar um comentário

Comenta, vai!