Brasil, 2016?!
É. O Brasil está querendo sediar as Olimpíadas de 2016.
A princípio, pensei "Bah, mas que interessante seria para o país sediar um acontecimento dessa magnitude".
Interessante... será?
Será que somos uma nação "poderosa" o suficiente para hospedar um evento que exige um desenvolvimento econômico, político e social?
Será que podemos nos dar ao luxo de gastar tanto dinheiro para sediar um evento esportivo se o esporte, no país, não é incentivado como deveria? Não faz sentido algum, faz?
Se o dinheiro investido desse retorno nos anos que se seguissem, até seria de se pensar. Mas não dará. E por quê? Porque o Brasil não tem um planejamento econômico nem estratégico voltado exatamente para o lucro da nação, e sim para o lucro de poucos.
E ficamos pensando "Que raiva, os americanos ganharam de novo" e "Que raiva, podíamos ter ganho o ouro". A performance do Brasil, nas Olimpíadas, foi boa, mas não espetacular. O descontrole emocional, falta de concentração e a pressão psicológica a que os atletas são submetidos são apenas "conseqüências do modo como nosso país é governado". O desempenho dos países está diretamente ligado aos seus problemas, sucessos e insucessos.
Por isso, peguem os bilhões que seriam tirados dos cofres públicos para sediar a Olimpíada de 2016 e invistam em educação, saúde e cultura, que é o que o nosso país está precisando. Talvez, daqui a vários anos, possamos sediar uma Olimpíada e dizer: "somos um país de Ouro".
4 Responses
  1. Bruna Says:

    maxista...
    hehehehhee

    até concordo, mas que o texto pé engraçado é...


    SHOOLLLLL


  2. Raquel Says:

    É... tem que rir pra não chorar.
    hehehehe

    Shooooool!
    =DD


  3. Misael Says:

    Adicionei teu blog nos meus favoritos também!

    Agora, sobre o brasil: Seria ótimo pra começo de conversa se eles nem se classificassem para a próxima copa. quem sabe o país refletiria um pouco mais sobre o futuro


  4. Raquel Says:

    É. Filosofar é preciso.

    =DD


Postar um comentário

Comenta, vai!